terça-feira, 20 de abril de 2010

121 anos desde o nascimento dele...


Adolf Hitler.

O que você lembra quando lê ou escuta esse nome?! Mortes, guerras, campos de concentração, injustiça, discriminação e uma porção a mais de nomes e adjetivos ruins?! Antes de tudo, quero esclarecer que não irei defendê-lo, apenas mostrarei minha visão sobre alguns pontos.


Por mais difícil que possa ser, durante apenas alguns segundos, esqueça o lado ruim.


Quantas pessoas hoje em dia saberiam admirar algumas marcas da personalidade daquele homem?! Uma minoria, acredito. Pois bem... Tamanha genialidade possuída por poucos, foi fortemente demonstrada na trajetória do Ariano. Nascido dia 20 de abril de 1889, Hitler foi capaz de (brilhantemente) influenciar e “dominar” toda uma nação usando uma “arma” um tanto quanto vulnerável e aparentemente inofensiva: as palavras. Acredite! Apenas usando palavras como principal recurso, Heil Hitler conseguiu um exército de fieis que o seguiam de forma quase inabalável pra colocar em prática suas idéias de limpeza étnica. Isso, sem falar que ele deu início a grandes mudanças na Alemanha, transforma-a em um país forte economicamente, que enfrentou forças do mundo inteiro. Perdeu. Perdeu a guerra. O fato é que se tivesse ganhado, seria tratado por todos e pela imprensa como um herói. Seria lembrado como tal.


A população, o tinha como Führer, o seu rei absoluto. Recebiam o homem mundialmente odiado hoje, com festa e alvoroço.


Alguns erros?! Sim, e muitos. Ninguém é perfeito. Agora, pense comigo: os portugueses mataram milhares de índios no passado, foram cruéis; mas quem fala em direitos humanos quando eles são mencionados? O tempo vai apagando tudo na consciência dos homens. A violência está em todo lugar; Hitler apenas regou a semente da intolerância, que ainda hoje germina em alguns lugares, cometeu vários erros e passou a ser motivo de ódio mundial. Esqueceram dos seus acertos.


Até o fim, Hitler lutou mesmo que de forma louca e distorcida por aquilo que ele acreditou ser o melhor pra todos, pelo que amava. Dia 30 de Abril de 1945 foi o dia que o mundo sentiu alívio pela “partida” de um homem genialmente imprevisível.


PS . : Assunto polêmico, eu sei... Mas postei apenas por achar que deveria. Não tenho a intenção de “bater de frente” com a opinião de alguém, nem de criar uma “discussão” sobre o assunto.

13 comentários:

Finim disse...

Se queria mencionar a genialidade de Hitler, e ressaltar a capacidade de persuadir mentes, creio que é praticamente que vã a tentativa, qualquer uma pessoa sensata reconhece isso. O Diabo também é assim, mas usa a capacidade que tem para algo que nunca vai vingar totalmente!

Anônimo disse...

Não é de se impressionar o fato de Hitler ter persuadido tanta gente. Concordo com o amigo do comentário anterior. Mas que vantagem isso tem se ele usou toda sua inteligência para o mal? Para mim ele agiu com extrema infantilidade, sacrificou muitas vidas por conta de ser um egoísta "mimado". Somente pensou na solução para os problemas da Alemanha a seu próprio ver... foi totalmente autoritário quando esteve no poder, a ponto de quem não o seguisse seria morto e considerado traidor... isso explica o tanto de civis e militares que o seguiu... POR MEDO E FALTA DE ALTERNATIVA!!!
Cartão Vermelho pra ele e Amarelo pra vc!!! kkkkkk... LOSER

Zé Pelarau disse...

Deixemos de lado a versão má, por mais dificil que possa ser... e sim veremos um homem que era estrategista, inteligente e muitooo bom com sua retórica!!!!

http://blogdopelarau.blogspot.com/

jaka disse...

A ascensão do Führer se deve a varios fatores que o favoreceram e um deles foi a rejeição da escola de belas artes em viena, hehe, se ele fosse aceito, talvez hj ele seria mais um coadjuvante esquecido na historia da arte.

GaB. disse...

Sempre achei Hitler um cara que foi inteligentíssimo! Mas como disse o colega aí em cima, ele foi também muito mimado.
Mas colocando mais lenha na fogueira, se não fosse as experiencias dele, muita coisa da medicina seria ainda desconhecida.
Mas isso não tira o fato de que ele foi um tremendo babaca, e muito cruel..na boa né! Cruel demais.
:T
É isso. Beijo.

Raphael Trew disse...

Palavras usadas em corações sedentos de justiça os arrastam para onde quiser, apagando seu próprio querer, se tornando e sonhos para todos que as escutam.

Mente genial com um coração machucado e doentio.

As pessoas só se revoltam ou se lembram das coisa que vem, se não a imagens, não aconteceu.

Srtª Ivie Less.... disse...

A looka doreiii o texto táh porfectt mto phodaz msm'! continue assim niky'! te dollúh mto bjx'!

MR disse...

Ele foi um verdadeiri lider sempre soube conduzir seus subordinados... Inteligência?! Incontestavel.
Isso não faltava a ele...
Mas seus atos são totalmente condenaveis!

Priscilla disse...

Moniky,tenho um selo pra ti no meu blog! pega lá ;D

Welber disse...

eiita, falar do Adolfinho gera mta polemica mesmo. Vc esqueceu de mencionar os avanços tecnologicos, e medicinais tbm, um tanto quanto bizarros, mas mto importantes. Adolfinho foi um gênio, mas infelizmente lutava pelas causas erradas.

retribuindo visita

The pirateX

Jordana disse...

Uhuuuuuu, tá muito massa '-'

tyciane disse...

Haaaaaa com pensamentos mediocres não entedem a supremacia da vitoria, não importa pelo que luta desde que se lute, e como hitler fez poucos são capazes.Certo e errado não existem só o poder e os que são fracos demais para deseja-lo e alcansa-lo.

texto perfeitoooooooo NiKy^^.
ps:adogo o hitler...

Tokio Hotel Brasil♥ disse...

Oiii
sou do blog tokio hotel brasil e vi seu comentario !
Agradecemos por ter entrado!
e estou seguindo seu blog e
ele sera divulgado!
Devulga o nosso ae tambem please?
www.bianca483.blogspot.com