quinta-feira, 29 de julho de 2010

Ignore se quiser.'

Quatro meses haviam passado. Os raios de sol finalmente começavam a clarear minha vida. Eu me sentia bem... Não feliz, mas... Bem.
Fui levando. Fui vivendo.
Certo dia acordei com frio numa manhã levemente escura. Olhei o céu e me aflingi com os tons de cinza, aquela complexa e aconchegante cor dolorida, o quase-preto das lembranças.
Nada podia ser feito. Nada podia impedir. As núvens estavam cada vez mais carregadas e meu coração já palpitava em dor.
O sol ameaçou aparecer novamente por uma ou duas vezes mas foi apenas pra alimentar minha falsa esperança idiota.
O tempo foi passando com uma 'calmaria arrastada', pesado, lento... Até que choveu. Choveu forte. Tão forte que parecia ser capaz de levar tudo junto dela.

Ele se foi.

-É tão dificil enxergar um sentindo qualquer. Sabe, num intervalo de quatro meses, quando eu achei que poderia respirar, perdi outro alguém e voltei a ser sufocada pela dor. Quando vai passar de vez? Meu coração está machucado. Cansei dessa penumbra.
A vocês leitores, peço desculpas afinal vocês não precisam saber ou ler nada sobre isso, mas não pude conter, eu tinha que desabafar.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Gonçalo Rodrigues de Oliveira.
Sentirei incalculáveis saudades tua, vô.

5 comentários:

LADY DARK ANGEL disse...

hj visitei o tumulo de um ente querido, e ador voltou, uma dor que eu achei tinha superado, mas ela so estaa sufocada, esquecida, mas não deletada...

Sarah disse...

Não precisa se desculpar, é sempre bom desabafar! É muito ruim quando alguém vai embora de nossas vidas, seja qual for o sentido de 'ir embora'..e as vezes me perguntou o que doi mais, se é a partida ou a tola esperança de algo bom. Enfim..
Beijinhos =*

Maria Rita disse...

Sei como é isso..
Espero que aqui chova, e rápido!
chuva, na verdade, é muitissímo bom (eu acho) *-*

Beijãão

jefhcardoso disse...

A perda é uma dor irreparável que vai sendo acomodada pelo tempo.
Meus sentimentos.
Jefhcardoso do
http://jefhcardoso.blogspot.com

Anônimo disse...

Lindo, apesar de triste achei uma bela homenagem...sei q ñ foi apenas um desabafo, mas tem um q de homenagear e eternizar o sentimento.