segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Definitivamente, eu não sei o que quero.

Queria tudo e nada ao mesmo tempo. Desejava, sonhava, planejava ir pra bem longe, perder-se no mundo sozinha, no silêncio ao mesmo tempo em que bastava continuar deitada ali, sob as estrelas, pensando, estagnada entre a vontade de viver uma tempestade e o medo de ouvir os trovões.

2 comentários:

Cherry'L. disse...

Simplesmente perfeito..com poucas palavras c disse tudo cara...sério!muito bom!

Moniky. disse...

Cherry'' *---------------*
Volta sempreeee' :D
Saudade dii tii, guria!^^

ABraço' atélogoo'